Gandralf's Blog

Just another WordPress site

Archive for November, 2010

#ffffuuuuconf

5 comments

“Toda unanimidade é burra”. Talvez por isso prefiro diversidade de opiniões e perspectivas. Afinal, o que você espera aprender de pessoas que pensam igual a ti?

A Ffffuuuu Conf foi mais ou menos assim. Fui lá não porque queria ver uma opinião divergente, mas porque algumas das pessoas mais bacanas com quem já trabalhei fariam apresentações. E eu sabia que eles tinham algo a dizer.

Além disso, o espírito subversivo da conferência era instigante. Seria o oposto do que se vê na maioria das conferências, infestadas por drug-dealer-wannabes, com um “use isso que é legal”. Não! O espírito é o oposto: “use isso e se f*oda”!

E que venham as trollagens!

A keynote “Patterns of fail” foi épica. Ela apresentou aguns padrões que (infelizmente) presenciei. Também tinha o maior índice de trollagens por slide quadrado da conferência.
Gostei, em especial de:

  • “The most interesting and character defining trait of these people is how they recovered” (de um #fail)
  • Bikeshedding: quando todo mundo vai discutir picuinha. Já tinha visto isso, mas nunca imaginei que teria uma página na wikipedia. Pensei que, no máximo, numa tirinha do Dilbert.
  • Behavioral Patterns, que foi o coração da apresentação. De chorar de rir… e de tristeza.

Só não posso concordar com alguns comentários sobre a 37signals & cia. Agora não me lembro de nenhum argumento em específico, mas só uma sensação de desdém sobre o trabalho deles. E sobre os fanboys que se acham depois de lerem o livro. Mas o problema não é do livro, pois eles também se achariam depois de verem meia dúzia de posts no highscalability.com.

Sinto muito, mas os caras são muito bons. Quanto ao livro, é meio um monte de causos, bem parecidos com o que já tinham escrito no blog. E alguns causos merecem ser contados, não por definirem uma verdade absoluta ou uma receita de sucesso, mas por trazerem uma perspectiva interessante. O errado é interpretar a experiência alheia, mesmo que contundente, como uma verdade científica. Vai ter gente achando que o livro é óbvio (eu, por exemplo, que já conhecia a maior parte dos pontos de vista apresentados), e vai ter gente que vai achar o livro revelador. Mas vamos voltar à ffffuuuu conf, que aqui não é sobre a 37…


Não sei como não rolou um banho de sangue depois desta apresentação.

Read the rest of this entry »

Written by gandralf

November 23rd, 2010 at 6:30 am

Posted in Development

Tagged with , , , , ,

Entrevista com o Kent Beck

leave a comment

Aqui deixei algumas partes de uma entrevista do Kent Beck para a InfoQ, em janeiro de 2008.

XP is a rather practice oriented methodology. Can you describe the relationship between implementation patterns and XP and how they work together?

I think the easy part of XP is practice related, but there is 3 legs on the stool: practices, values and principles and I think people who are successful applying XP are paying attention to all 3. This gets back a little bit to some of my disenchantment with the direction of agile development in general, people are now asking the question: “How am I going to do agile development?” and agile development isn’t a thing you do, it’s an attitude, it’s a set of personal values about responding to the real world, being open to the information that is there and being willing to do something about it.

That is agility. Yes, there is a lot of practices that come out of that but to me that is where it starts, it’s this attitude. If somebody understood a bunch of practices and tried to do them, you could do agile development without being agile and it’s a disaster because you’re acting out of harmony with what you really believe when you do that.

So you’re more or less saying that you have to be agile to do agile, but you can’t do agile if you are not agile?

That is my opinion, yes. The times when I have been closed off, when I haven’t really listen to what is going on in the real world, when I built a fantasy picture in my head of how things are, I haven’t been agile. And I have all the same skills, I program the same, I know the patterns and I have the tools, but without connection to what other people are saying about what’s going on in the world, then you can’t really be agile.

Read the rest of this entry »

Written by gandralf

November 20th, 2010 at 7:35 pm

Posted in Development

Tagged with , , , ,